sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Virgulevando o tempo

Virgulei palavreadas esquinas,
cortando espaços sonoros 
de uma rima
frouxa,
vivificando melodiosos espasmos 
de uma língua afoita
por dizer o inaudível coração,
para no fim do escasso ar,
efeito do vento entrecortado,
terminar num ponto de ilusão.


Fassura

Nenhum comentário:

Postar um comentário